Ratos

Início Pragas Ratos
 

Ratos

Os roedores são uma das pragas urbanas mais temidas pela população em geral.

São também uma das pragas mais bem adaptadas ao convívio humano. Recebem do nosso ambiente tudo o que precisam para sobrevivência: água, abrigo e alimento em excesso.

Os roedores podem transmitir diversas doenças, como por exemplo, a leptospirose, a peste bubônica, tifo.



Principais características

Os ratos apresentam hábitos noturnos. É possível, embora raro, vê-los durante o dia, quando sua população aumenta tanto que a concorrência por comida faz com que mudem seus hábitos para evitar a competição entre eles. Podem sair durante o dia também quando estão feridos ou quando suas tocas são invadidas pelas enchentes.
  • •  Rato-preto (Rattus rattus). Mede cerca de 20 centímetros, com pouco menos de 19 centímetros de cauda. Pode fazer ninhos dentro de habitações e, não raras as vezes, em telhados ou copas de árvores; saindo dali somente para buscar alimento (no interior das casas). Possuem bom equilíbrio e são excelentes saltadores;
  • •  Ratazana, ou rato-de-esgoto (Rattus norvegicus). Mede cerca de 20 centímetros, com 18 centímetros de cauda. Costuma fazer tocas em torno de habitações, em terrenos baldios ou quintais malcuidados; geralmente subterrâneas, sempre com duas ou mais entradas, facilitando sua fuga em casos em que isso seja necessário. Também é encontrado em esgotos;
  • •  Camungondo (Mus musculus). Mede cerca de 9 centímetros, com cauda de mesmo tamanho. Faz ninhos dentro de habitações, inclusive em gavetas, atrás do fogão, em dispensas, etc.

Como são animais muito inteligentes, exterminá-los não é tarefa fácil, sendo muitas vezes necessária a adoção de estratégias diferenciadas, por equipe habilitada para tal. Por outro lado, tal característica aliada à sua fisiologia, comportamento, facilidade de reprodução e baixos investimentos com sua manutenção, fazem do rato um dos seres vivos mais requeridos em pesquisas comportamentais e farmacológicas.

Prevenção:

A prevenção é possível através da adoção de um conjunto de medidas que chamamos de antirratização:

  • •  Acondicionamento correto do lixo: dentro de sacos plásticos, em latas com tampas apropriadamente fechadas e limpas periodicamente, de preferência sobre estrado, para que não fiquem diretamente em contato com o solo;
  • •  Dispor o lixo na rua somente na hora que o coletor passa para recolher;
  • •  Nunca jogar lixo a céu aberto ou em terrenos baldios;
  • •  Acondicionamento correto dos alimentos: em recipientes bem fechados;
  • •  Inspecionar periódica e cuidadosamente caixas de papelão, caixotes, atrás de armários, gavetas e todo tipo de material que adentre ao ambiente e possa estar servindo de transporte ou abrigo a camundongos;
  • •  Vedar frestas ou vãos que possam servir de porta de entrada aos ratos para os ambientes internos;
  • •  Colocar telas (com menos de 1 cm de vão de diâmetro), grelhas, ralos do tipo "abre-fecha", sacos de areia ou outros artifícios que impeçam a entrada desses animais através de ralos, encanamentos ou outros orifícios;
  • •  Evitar o acúmulo de entulho ou materiais inservíveis que possam constituir abrigo aos ratos;
  • •  Manter terrenos baldios limpos e murados;
  • •  Manter limpas as instalações de animais domésticos e não deixar a alimentação desta exposta onde os ratos possam ter acesso, principalmente à noite;

11 4492-5882

Combate e controle integrado para Ratos.
Fênix CP, controle de pragas!

 

Fale no WhatsApp